SUSTENTABILIDADE

DESENVOLVIMENTO PESSOAL

VIAGEM

TRANSFORMAÇÕES E APRENDIZADOS - MUDANDO UM POUCO A CADA DIA

Acho que se vocês já leram o último post da Fê, já devem ter uma idéia do porque estou aqui hoje. Vim trazer para vocês um pouco sobre os meus aprendizados nessa jornada e tudo o que melhorei em mim durante esse tempo que passamos juntos.

Talvez alguns já tenham percebido pelos meus posts que eu sou em muitos aspectos quase que oposto à Fê. Ao invés daquela espontaneidade de querer fazer algo novo a cada dia, sempre fui um cara metódico, que gosta de planejar e seguir o planejamento, a ponto de às vezes ficar de mal humor quando estou fazendo algo imprevisto ao invés do planejado (desculpa se fui chato as vezes Fê hahahaha). Não acho isso uma coisa de todo ruim, mas definitivamente pode ser limitante. Quantas oportunidades vocês acham que eu já perdi por não saber o que me espera à frente? Quantas vezes pude fazer algo novo, mas optei por ficar no mesmo lugar por medo e insegurança? Na verdade nem eu sei a resposta.

Mas aí há quem pergunte? "Como vocês deram certo durante esse tempo todo então?". Aprendendo um pouco a cada dia. Acho que o meu maior aprendizado nesse tempo todo é que nós precisamos estar todo dia nos reinventando e assimilando novas coisas para podermos crescer pessoalmente. Como um cara que sempre esteve acostumado a ser sozinho e mais individualista, foi uma coisa incrível ter compartilhado o último ano com alguém que me ensinou que há mais coisas nesse mundo do que imaginamos. Aprendi a amar, respeitar e me preocupar com o próximo de uma forma que não sabia antes, e acho que todos os dias aprendo um pouco mais.

Sem dúvida, o que a Fê falou no post anterior é essencial. Não deixe seus medos te segurarem. Ame mais, pense mais, faça mais e se esforce, não perca tempo se perguntando "e se?" todas as vezes e deixando as oportunidades passarem. Saibam que não estão sozinhos, tem sempre alguém com quem contar, e, acima de tudo, valorizem essas pessoas. Não sejam daqueles que dão valor apenas ao que perderam. Digam mais "eu te amo", perguntem mais como a pessoa está, se importe com aqueles ao seu redor e percebam que a vida não é só acordar, trabalhar e dormir. E nunca deixem que o julgamento alheio lhes impeçam de fazer o que querem.

Fê, eu sei que nunca fui uma pessoa perfeita, mas sempre valorizei muito o que tivemos. Também cresci muito mais do que consigo descrever ao seu lado e nunca vou me esquecer disso. Não sei o que o futuro nos guarda, mas espero que nossos caminhos estejam sempre juntos.

Um grande beijo a todos!
Jão
TOPO