COMO FAÇO PARA TIRAR AS IDÉIAS DO PAPEL

Acho que todo mundo aqui sabe qual é a sensação de ter na cabeça um monte de idéias que seriam super legais de tirar do papel, mas na hora de tentar pra valer sempre aparecem os mesmos problemas: a tarefa parece grande demais, procrastinamos, sentimos medo, insegurança ou temos ainda a nossa boa e velha falta de tempo. Eu já falei aqui antes sobre a importância de se planejar para conseguir correr atrás dos sonhos e colocar projetos em prática. Mas nunca falei exatamente como criar esses planejamentos. Não sou nenhum expert no assunto, mas acho importante compartilhar o que eu aprendi para talvez ajudar alguém que precise. Afinal, acredito que ajudar uma única pessoa que seja já faça valer a pena =D. Então, sem mais demoras, aqui vão algumas dicas.

TIRANDO AS IDÉIAS DA CABEÇA: O MÉTODO GTD (GETTING THINGS DONE)

Ano passado eu me deparei com um livro que parecia ser particularmente popular entre os amantes da produtividade. Se trata do livro "A Arte de Fazer Acontecer", de David Allen, e aprendi coisas muito interessantes nele. Mas antes de falar um pouco sobre isso, fica aqui um aviso: NÃO estou fazendo resenha do livro, muito menos falando que ele traz exatamente as coisas que eu descrevo aqui. Na verdade o método pode ser extremamente complexo (o próprio autor admite que implementar o método que ele desenvolveu pode levar dois anos inteiros). Então se quiserem saber um pouco mais a fundo, sugiro que procurem o livro. Aqui vai um link para quem se interessar.


1) COLOCANDO AS IDÉIAS NO PAPEL

A primeira coisa que devemos reconhecer é que, quando as idéias estão na nossa cabeça, elas podem parecer muito maiores do que realmente são, e com o tempo podem também acabar esquecidas em algum canto da nossa mente. Então o que fazer? Tirar as idéias da mente e escrever elas no papel. Muita atenção aqui: NÃO estamos querendo fazer nada além de escrever uma idéia. Nada de fazer mapas mentais, colocar observações ou detalhamentos. Não importa o tamanho da tarefa, apenas escreva ela em um pedaço de papel ou em um arquivo no celular ou computador.


No fim dessa etapa, você pode ter uma lista de coisas que vão desde "levar o cachorro para passear" até "pisar na lua". E assim está ótimo, não estamos tentando fazer mais nada. Ainda.

2) ESCLARECENDO AS IDÉIAS

Agora que cada tarefa está fora de nossas cabeças chega a hora de analisar elas. Aqui as coisas começam a fluir mais: quando pegamos uma idéia grande e "quebramos" ela em pedaços menores, o desafio deixa de parecer impossível.


Por exemplo, se tenho um projeto de "escrever um livro", poderia talvez quebrar ele em pedaços menores como "pensar no mundo/época em que se passaria", "definir a trama principal", "definir personagens principais", "fazer esboços de algumas passagens" e assim por diante. Talvez exista uma forma melhor de se escrever um livro, mas para um amador já é uma grande ajuda enxergar um objetivo aparentemente inatingível como uma série de degraus que precisamos subir.

Vale lembrar aqui que nem todas as idéias que nós anotamos na etapa anterior precisam de muito esclarecimento. Se uma de suas tarefas pendentes é "ir comprar pão na esquina", não tem muito o que simplificar hahaha.

3) ORGANIZANDO AS IDÉIAS

Agora que temos nossas idéias escritas e "quebradas" em pedaços menores, é hora de organizar elas. Na verdade, isso pode ser algo pessoal. Minha tática até agora tem sido a seguinte: faço uma "lista mestra" com todos os meus deveres. Em cada semana, escolho os projetos mais importantes para eu me focar e faço uma "lista semanal" de atividades. Ao longo da semana, no final de cada dia, olho a lista semanal e faço uma "lista diária" para o dia seguinte. O importante aqui é experimentar sistemas diferentes até encontrar aquele que nos sirva melhor.


4) EXECUTANDO

Agora que está tudo organizado, resta fazer. Quando temos um projeto grande dividido em vários pedaços menores, percebemos que não precisamos de quantidades ilimitadas de tempo para realizá-los, alguns curtos intervalos de tempo bastam. Mesmo no caso das tarefas menores que não precisam de grande planejamento, ao invés de deixar elas "empilhadas" no fundo do nosso cérebro, podemos consultar nossa lista e realizar elas de uma vez.


5) DICA: O DESAFIO DOS 30 DIAS

Uma dica importante aqui é saber se desafiar a conseguir atingir algum objetivo que pareça inalcançável de início, e uma boa forma de fazer isso é colocando um prazo para realizar o projeto. A idéia aqui não é fazer o melhor trabalho do mundo, é apenas fazer. Às vezes, precisamos nos lembrar que feito é melhor do que perfeito. Trace um cronograma de 30 dias com o seu objetivo maior e suas metas menores e comprometa-se a realizar o máximo que conseguir dentro desses 30 dias. Ao final desse período, você poderá se surpreender com o que consegue fazer em tão pouco tempo.


RECOMPENSAS

Agora que nós nos permitimos "perder" algum tempo planejando nossos próximos passos, resta aproveitar as vantagens desse investimento. Pessoalmente, posso dizer uma coisa: me sinto bem melhor realizando minhas tarefas e sentindo que estou chegando mais perdo de meu objetivo. Com meus deveres planejados, tenho mais tempo para aproveitar as horas de descanso, ao invés de ficar me preocupando desnecessariamente com trabalhos atolados.


Um outro benefício desse processo é que ele nos ajuda a manter em mente o que é mais importante. Quando refletimos sobre nossos deveres, conseguimos perceber quais são os que realmente merecem nossa atenção no momento e quais podemos adiar sem que sejamos prejudicados.

E aí, vocês tem algum sistema que funcione bem para tirar as idéias da cabeça e partir para a execução? Deixem aí nos comentários para podermos discutir um pouco!

Jão

8 comentários

  1. Ameeeei o post! Eu fiz um post com assunto similar esses dias para o blog da onde eu trabalho, sobre procrastinação... Tem sim como organizar as ideias e ser muito produtivo, vocês mostrando direitinho isso, muito bom ;) beijokas!

    ResponderExcluir
  2. Amei as dicas, serão muito úteis pra mim, tava precisando me organizar mesmo. Ótimo post :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Jão.
    Achei a postagem muito interessante. Vai ajudar bastante gente sim. As vezes a pessoa só precisa de um post como esse para servir de empurrãozinho e colocar as ideias em pratica hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas!
    Eu preciso aprender mais ainda a tirar as ideias da cabeça e do papel e começar a praticá-las. hehe
    Com sua postagem vou com certeza fazer jus a isso.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  5. Gostei dessa ideia de quebrar os projetos (ou os objetivos) em pedaços menores. A gente acaba vendo que muita coisa é realmente possível e assim fica mais fácil de realizar, né?

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Gostei imenso deste post, é incrível a motivação que dá para criar um projecto novo de forma organizada e equilibrada!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  7. Adorei as dicas!! Eu tenho varias ideias que coloco no papel, mas paro por ali. Seguirei essas dicas!

    ResponderExcluir
  8. Amei as dicas, são realmente ótimas!

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir

TOPO